INTRATERRA & EXTRATERRA (por Sève) 11 de janeiro de 2015 - O ano da integração das Virtudes divinas.

Filhos da Lei de Um, Filhos da Luz, mas, também, Irmãos e Irmãs na Humanidade Una, nós lhes dirigimos – nós, seus Irmãos e Irmãs nessa Fraternidade do outro lado do véu, mas, também, essa Fraternidade presente no Intraterra – hoje, no impulso e na importância de conectarem-se à Grande Fraternidade universal dos Mundos Livres, nós nos dirigimos a vocês, nessa configuração muito especial no que ela representa dessa Fusão de Consciência de seres do Intraterra e de seres – se podemos dizer – do Extraterra.
Incluindo, é claro, além dos seres intraterrestres ou extraterrestres, nossa Presença não tem outro lugar que não esse coração do Coração, aí, onde vocês Estão, aí, onde nós Estamos, nessa Fraternidade Una.
Aí onde, nesse instante, no coração desse Silêncio, vocês experimentam a veracidade dessa União e dessa Reunião que se oferece a vocês, cada vez mais intensamente.
Nós nos dirigimos a vocês, neste dia que assinala as Semeaduras, específicas e precisas, que ocorreram e que ocorrem ainda, neste período muito especial que MARIA, a Mãe Divina, veio, ela mesma, anunciar-lhes (ndr: sua intervenção de 2 de janeiro de 2015).

Paris foi um evento de Falsa Bandeira

Este que é a Consciência Cósmica está disponível. Por favor, prossiga.

Obrigado. Bem-vindo a Consciência Cósmica. Obrigado por estarem conosco hoje para a sessão dos filiados do Rainbow-Phoenix de 09 de janeiro de 2015. Will Berlinghof é a Voz da Consciência Cósmica respondendo às questões apresentadas pelo Energizador Joan Mills. A Lei da Luz, a Lei do Amor, a Lei da Unidade e a Lei da Gratidão foram invocados. Existe algum evento que você gostaria de discutir, neste momento, por favor?

Há de fato um evento que esta Consciência gostaria de discutir neste momento. Sendo este o evento que ocorreu recentemente em Paris, França: o tiroteio e a morte de 12 inocentes. Que esta Consciência gostaria de salientar que este é mais um evento de bandeira falsa, que está em alinhamento com os eventos anteriores, como a tomada de reféns e assassinatos em Sydney e o evento em Ottawa, no Canadá, que viu um soldado inocente ser morto no mausoléu, no Memorial de Guerra. Há alguma semelhança nestes três eventos que esta Consciência se recorda. Que em todos os três casos, verificou-se que a polícia teve conhecimento prévio daqueles que cometeram esses atos atrozes. Que a polícia conhecia o homem no Canadá e ele já havia sido preso várias vezes. Este também foi o caso na Austrália, onde o indivíduo que realizou o sequestro também tinha estado em celas da polícia, também tinha sido descoberto pela polícia, e agora, verifica-se que este também foi assim, com pelo menos um dos dois irmãos que supostamente foram os autores do crime, que são alegados de serem os agressores, e que são alegados de serem os autores dos disparos, a atividade terrorista.

Que esta consciência diria que isso não foi por acaso, e que, aqueles que ouvem sobre tais eventos, que eles precisam estar sempre abertos a encontrar os elementos de conexão que mostram que esses eventos não são eventos aleatórios, embora eles sejam apresentados como tal, mas fazem parte de uma série de eventos planejados em diferentes níveis e em diferentes países, que mostram que os responsáveis por estes crimes, talvez, tenham sua mente controlada, e que foram então acionados para cometer seus atos de atrocidade.

SOLIDARIEDADE

"Se já dominas a ti mesmo, ampara aqueles que ainda não conseguem evitar a própria irritação.

Se te sentes com saúde, socorre o doente.

Se estás forte, auxilia aos mais fracos.

Se tens algum dinheiro, faze a doação de alguma parcela ao necessitado que espera a bênção de um pão.

Solidariedade é lei da vida.

Hoje consegues apoiar alguns, amanhã, talvez precisarás do apoio de todos."