As Profecias Maias



Estas profecias foram canalizadas no âmbito de uma experiência metafísica por um grupo de estudos da Espanha, cujo conteúdo vem de Inteligências MAIAS, tratando do movimento vivido por toda humanidade terrestre. 


NOTA INICIAL
Aquele que se interessar, que faça muito bom uso, para o enriquecimento de seu processo interior e a melhoria de sua vida. 
2. Àquele que não se interessar, que descarte o conteúdo, em silêncio meditativo e em equilibrada e respeitosa atitude.
Observação: Datação segundo o Calendário Gregoriano vigente.


ANO 2002
Ano de preparação. Ano de transição. O mundo e as pessoas tornam-se melhores observadoras de si mesmas e dos processos que se desenvolvem ao seu redor.


ANO 2003
Aumenta o número de pessoas que não toleram as novas e mais sutis energias que passam a influenciar os processos terrestres em todos os níveis. Pessoas mais sutilizadas e sensíveis começam a deixar os grandes centros em busca de pequenos lugares isolados nas montanhas. 
2. Muitas pessoas enfermas de doenças que a ciência não conhece. Aumenta a freqüências de emissão de energias deletérias por parte do Sol, para as quais nossa atmosfera não apresenta boa defesa.


ANO 2004
Produzem-se mudanças repentinas nas pessoas, quanto à maneira de pensar e de ver as coisas. 
2. Potencializa-se o positivo e o negativo. Acirram-se as disputas individuais e internacionais. 
3. Evidenciam-se as diferenças de comportamento entre o "bem" e o "mal". 
4. Tombam-se os alicerces da Igreja Católica Romana, logo após a morte do Papa João Paulo II. Todas as religiões enfrentam graves crises internas.


ANO 2005
Aparece no céu um novo planeta. O fato produz mudanças eletromagnéticas e explica uma grande quantidade de fenômenos climáticos, ecológico-ambientais, biológicos, físico-quimicos e psico-sociais também, antes sem uma causa aparente. Observam-se graves problemas de natureza gravitacional da Terra. 
2. Com o agravamento da crise econômico-financeira, das moedas, dos organismos internacionais e multilaterais, das dificuldades climáticas, aliadas a grandes lances de corrupção em nível internacional, quebra o sistema bancário, paralisa todo sistema produtivo e desorganiza os governos de todas as nações da Terra. 
3. Nesse atribulado contexto, a humanidade dá sinais de que começa a dar ao dinheiro e aos bens materiais outro sentido. Também aumenta a atividade do pólo "negativo" e se produz um grande caos em todos os níveis, particularmente por conta da violência urbana e no campo. 
4. O Dalai Lama é recebido na China e depois no Tibet, atraindo multidões de todo o mundo para o evento de reconciliação.


ANO 2006
Passa a existir, cada vez mais claramente, duas humanidades, bem diferenciadas. A Luminosa, a serviço da LUZ, e a Escura, a serviço das Trevas (ignorância, violência, egoísmo, desrespeito, arrogância, saques,mentiras,...) em franco tempo de confronto, muitas vezes explícito e armado. 
2. O novo planeta se instala na órbita entre Marte e Júpiter, abalando estruturas gravitacionais e revelando aspectos desconhecidos para  nossas ciências sobre o funcionamento e a natureza do Cosmo.
3. Grande Caos em nível mundial. Sucumbem as grandes cidades, os espaços litorâneos, os sistemas de geração e distribuição de energia,comunicações, satélites, moedas, governos, sistemas de saúde e de ajuda humanitária, defesa civil, segurança publica e sistemas militares e de inteligência. Pára a internet e a telefonia, bem como a aviação militar e comercial.. Trens e navios ainda viajam, levando multidões sem destino e sem pátria.. 
4. Quem não tem terra não comerá. Valorizam-se mais outras coisas, como companheirismo, a amizade, o amor, o desapego, a compaixão, o altruísmo.. Comunidades fechadas e auto-subsistentes multiplicam-se em larga escala nas regiões mais altas, seguindo orientadores interdimensionais e inteligências vindos, sutilmente, do espaço exterior. Inventos simples são revelados nessas comunidades, melhorando a qualidade de vida dos sobreviventes. 
5. Movimentos sísmicos e vulcânicos se generalizam em escala global. O eixo polar da Terra muda de posição. Os oceanos inundam completamente as zonas costeiras. Num mesmo dia, as quatro estações se sucedem. Falta água potável e alimentos. Não há sementes nem ferramentas para se trabalhar o solo. 
6. Produz-se um grande despertar da humanidade, indivíduo a indivíduo. Desmoronam-se as nações . Forças da Escuridão passam cada vez mais para a luz, vencendo o medo e a desconfiança. As catástrofes planetárias põem em harmonia grupos étnicos em todo o mundo e novas nações vão surgindo, seguindo novos padrões de organização e de cooperação mútuas, formando conselhos regionais e comissões especiais. Compartilham-se informações, conhecimentos, insumos e resultados em redes locais, regionais e continentais.


ANO 2007
Desaparecem as velhas fronteiras. Começa ao sentimento de UNIDADE da HUMANIDADE. 
2. Os povos se ajudam entre si mais do que nunca. Os Irmãos Maiores vêm coabitar abertamente (conviver) com os terrestres. Desvelam-se antigos mistérios, esclarecem-se fatos remotos e a verdadeira origem da Humanidade. 
3. A humanidade local se integra e passa a colaborar com outras humanidades e com Irmãos Maiores. Forma-se comunidades harmônicas entre os seres humanos e os de outros planetas, bem como com as inteligências que habitam outras dimensões de realidade e sistemas subterrâneos na Terra.


ANO 2008
Aqueles que conseguem tolerar a freqüência da energia do Sol e a vibração da Terra em 13 ciclos por segundo, permanecem. Os demais se vão, desencarnam e seguem seus destinos espirituais migrando para outros orbes. 
2. As Forças Involucionistas perdem a batalha definitivamente, cedendo espaço para o novo e para o belo, retirando-se do cenário depois de cumprirem sua missão higienizadora, purificadora e selecionadora do que deve permanecer e prosperar. 
3. O novo planeta conclui os ajustes orbitais na Terra e consolida as mudanças na geografia local, estabelecendo um novo Mapa-Múndi. 
4. Os últimos representantes das Forças Involucionistas que não desejam trabalhar com a Luz migram fisicamente para o novo planeta. É feita a harmonização total das dimensões hiperfísicas da Terra, abrindo possibilidades para o nascimento e a vinda de avançados seres de luz.


ANO 2009
Ano de estabilização e consolidação das mudanças. É necessário que todos se adaptem completamente à nova vibração, incorporando aos hábitos uma alimentação mais sadia, de base crugívora e frutífera, com o fim de consumo de produtos de origem animal. 
2. Ativam-se e potencializam-se as percepções ultra-sensoriais. Começam a funcionar as espirais de DNA que estavam adormecidas nas células humanas. Os animais não são mais, definitivamente, alimentos para a humanidade.


ANO 2010
Os reinos animal, vegetal e mineral se harmonizam, desaparecendo da Terra espécies que não são mais necessárias, enquanto outras se modificam e se adaptam. Chegam mais Irmãos Maiores para conviverem com a humanidade da Terra e ensinam coisas que não conseguimos hoje sequer imaginar. Um grande espetáculo cósmico marcará definitivamente a história e a evolução da Humanidade da Terra, que então será rebatizada, ganhando um novo nome, um nome feminino.


ANO 2011
A humanidade é agora UMA. Tem consciência das Civilizações Cósmicas que existem. E se prepara para entrar na Confederação Galáctica como membro de pleno direito. Segue ampliando o trabalho de aprendizagem.


ANO 2012
A humanidade é feliz. A humanidade é harmônica. A humanidade terrestre tem consciência de tudo que É. Inicia-se uma grande Festa Cósmica. A Terra nomeia seus representantes para a Confederação Intergaláctica, e exporta AMOR para todo o Cosmo. Inicia-se uma nova era e a Terra passa a ajudar na evolução de outras humanidades.


ANO 2013
Em 26 de julho inicia-se o Ano Zero de Milênios de Luz.


http://www.ger-sp.kit.net

SOLIDARIEDADE

"Se já dominas a ti mesmo, ampara aqueles que ainda não conseguem evitar a própria irritação.

Se te sentes com saúde, socorre o doente.

Se estás forte, auxilia aos mais fracos.

Se tens algum dinheiro, faze a doação de alguma parcela ao necessitado que espera a bênção de um pão.

Solidariedade é lei da vida.

Hoje consegues apoiar alguns, amanhã, talvez precisarás do apoio de todos."